Hitsugaya Toushirou - Bleach

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Japão vence Dinamarca e está nas oitava



Honda (centro) teve grande atuação
O Japão garantiu seu lugar nas oitavas de final com tranquilidade. Os Samurais precisavam apenas do empate, mas venceram a Dinamarca por 3 a 1, nesta quinta-feira, em Rustenurg, com boa atuação do meio-campista Keisuke Honda, e ficou em segundo lugar no Grupo E, atrás apenas da Holanda.
Precisando vencer, a Dinamarca começou atacando mais. Pela esquerda, Simon Poulsen cruzou para Jon Dahl Tomasson, que não conseguiu tocar e a bola saiu. Depois, o mesmo Simon Poulsen tentou jogada pelo meio e acabou desarmado. Tudo antes dos 10 minutos de jogo.
O Japão só chegou aos 12, mas foi mais perigoso do que a Dinamarca. Em cruzamento para a área, dois japoneses chegavam para marcar e Thomas Sorensen mandou para longe. Menos de um minuto depois, o capitão Makoto Hasebe recebeu ótimo passe dentro da área e chutou forte. A bola passou muito perto, assustando o goleiro dinamarquês.
Sem sentir os dois lances de perigo, a Dinamarca chegou próximo de marcar logo em seguida. Tomasson, aos 13 minutos, recebeu ótimo passe pela esquerda e tocou com categoria, tirando do goleiro Eiji Kawashima,mas a bola passou raspando.
Os Samurais abriram o placar aos 17 minutos. Keisuke Honda ateu falta com muito efeito, no canto do goleiro, e pegou o goleiro Sorensen no contrapé, saindo para a defesa no outro lado.
Chute de Honda engana Sorensen e entra no gol
A Dinamarca tentou o empate em um lançamento de Christian Poulsen para Tomasson, que bateu de primeira. O goleiro Kawashima defendeu e mandou para escanteio.
O Japão abriu 2 a 0 aos 30 minutos. Em nova cobrança de falta, Yasuhito Endo cobrou com categoria e mandou para o fundo do gol. O gol diminuiu o ímpeto da Dinamarca, que passou a dar mais espaços para o Japão e sair com menos velocidade.
O meio-campista Christian Poulsen levou perigo ao gol de Kawashima, mas o arqueiro japonês defendeu bem. Os japoneses conseguiram levar a vantagem de dois gols para o intervalo. Para ser desclassificado, teria que levar três gols.
Endo cobra a falta e marca o segundo gol japonês
No segundo tempo, Sorensen quase leva o segundo gol. Em cobrança venenosa de Endo, que levantou na área, Sorensen tentou segurar, a bola escapou e bateu na trave. Uma lambança do goleiro dinamarquês.
Jakob Poulsen, que tinha Acabado de entrar, assustou aos 13 minutos, em chute de fora da área bem defendido por Kawashima. Dois minutos depois, o zagueiro Daniel Agger cobrou falta colocado, mas o goleiro japonês fez nova defesa.
Com a Dinamarca indo ao ataque, Honda tnha espaço para puxar contra-ataques. Aos 27 minutos, o meia recebeu no meio-campo, inverteu para a esquerda nos pés de Endo, que tocou para Yuto Nagatomo cruzar, mas a bola bateu na defesa. Na volta, o próprio Nagatomo bateu para o gol, mas mandou fora.
Aos 33 minutos, a Dinamarca teve grande chance. Soren Larsen dominou no peito e bateu pelo alto e a bola explodiu na trave. Um minuto depois, o meio-campista Hasebe empurrou Agger e o juiz marcou pênalti duvidoso. Tomasson bateu mal, mas pegou o rebote e marcou.
Aos 42, Honda recebeu bola no lado esquerdo, avançou, deu lindo drible em Dennis Rommedahl, ameaçou o chute mas tocou para Shinji Okazaki, sem goleiro, tocar para as redes, fechando o placar em 3 a 1.
Ficha técnica
Dinamarca 1x3 Japão
Local: Estádio Royal Bafokeng, Rustenburg

Data: 24/06, quinta-feira

Árbitro: Jerome Damon (AFS)

Cartões Amarelos: Yasuhito Endo e Yuto Nagatomo (Japão); Christian Poulsen, Nicklas Bendtner e Per Koldrup (Dinamarca)

Gols: Keisuke Honda aos 17’/1T e Shinji Okazaki aos 42'/2T (Japão)

Dinamarca
1-Thomas Sorensen, 6-Lars Jacobsen, 13-Per Kroldrup (18-Soren Larsen aos 11’/2T), 4-Daniel Agger e 15-Simon Poulsen; 12-Thomas Kahlenberg (21-Christian Erikssen aos 18’/2T), 2-Christian Poulsen e 10-Martin Jorgensen (14-Jakob Poulsen aos 34’/1T); 19-Dennis Rommedahl, 11-Nicklas Bendtner e 9-Jon Dahl Tomasson. Técnico: Morten Olsen.
Japão

21-Eiji Kawashima, 3-Yuichi Komano, 22-Yuji Nakazawa, 4-Tulio Tanaka e 5-Yuto Nagatomo; 2-Yuki Abe, 17-Makoto Hasebe, 7-Yasuhito Endo (20-Junichi Inamoto aos 45'/2T), 8-Daisuke Matsui (9-Shinji Okazaki aos 29’/2T) e 18-Keisuke Honda; 16-Yoshito Okubo (15-Yasuyuki Konno aos 43'/2T).Técnico: Takeshi Okada.

0 comentários:

 


Popular Posts

Semana

Mês

Most Visited (desde o início)

Ocorreu um erro neste gadget

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Online Project management